Sobre acessibilidade

Áreas

Abas primárias

22/12/2016 - 10:00

 Cerca de 80 crianças moradoras do entorno das Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa) tiveram uma manhã especial nesta quarta-feira (21), com a realização de uma programação natalina no hall do prédio administrativo da Ceasa, organizada pelo projeto Natal D Água, do Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC). O evento é realizado há seis anos, com objetivo de atender ribeirinhos do entorno de Belém, mas foi ampliado e hoje chega a milhares de famílias em vários municípios da capital e região metropolitana.

As crianças aproveitaram para se divertir com os brinquedos montados na área externa do prédio administrativo da Ceasa. No espaço foram montados equipamentos como pula-pula, cama elástica e piscina de bolinhas. Sob o comando da ‘Tia Fiapo’, a garotada participou de dinâmicas e atividades recreativas, como dança, ofertada tanto à criançada como aos pais. "Eu tenho o melhor trabalho do mundo porque convivo com as pessoas mais puras e sinceras do universo: as crianças’’, comentou a animadora.

 

A programação contou ainda com a distribuição de brinquedos. Raissa Pereira, de nove anos, voltou para casa com a tão esperada boneca. “Eu gostei muito do meu presente, é uma boneca muito linda”, comemorou a menina.

“É muito legal essa iniciativa, porque as crianças ficam muito felizes. Para gente que não tem condição de presentear os nossos filhos, ver a alegria nos olhos deles não tem preço”, contou Marialdo Chagas, 39 anos, que acompanhou a filha, Júlia Souza.

Para Pamella Massud, que trabalha com assistência social no Núcleo de Articulação e Cidadania (NAC) e conhece bem as dificuldades das comunidades ribeirinhas, proporcionar um momento como esse é gratificante. ”Trabalho há seis anos com atendimento social e sei que essas pessoas têm dificuldade de acesso a serviços de saúde, educação, cidadania, etc. Já trabalhei no Pro Paz e, agora, estou na equipe do NAC. Com isso, ampliamos o mesmo tipo de assistência que já era prestada antes e temos um grande orgulho desse avanço’, disse.

 

Pamella destacou que o programa já atendeu cerca de 200 comunidades. “No período natalino atendemos 19 ilhas no interior do estado, parte da região metropolitana de Belém, e ainda o interior do estado e outras comunidades ribeirinhas, como Cotijuba e entorno da Ceasa. Ao todo, atenderemos cerca de 200 comunidades”, destacou.

“O Natal Solidário é um momento que a gente pode transmitir carinho, paz, amor e solidariedade para essas famílias, bem como para as famílias dos funcionários e permissionários. Esse é um grande momento de confraternização e de celebração”, comentou Bianca Piedade, presidente da Ceasa.